quinta-feira, 6 de agosto de 2020

CORUJINHA: UM DOS GRANDES NOMES DO NOSSO FUTEBOL AMADOR.

Nenhuma descrição disponível.
Francisco Edvaelson Gomes da Silva ( Corujinha ) 26 anos de idade é um grande jogador do nosso futebol amador, residente na terra de senhora Santana, ou seja, Luiz Gomes/RN.

Ainda criança começou a se destacar nos campos de poeira, e ainda muito jovem já era considerado uma grande promessa que se tornou realidade no futebol regional, passando por algumas equipes de sua cidade natal e depois em várias equipes da região não só do RN, como também da PB e CE.

Sempre com um sonho de se tornar um jogador profissional, mas com as dificuldades que todos nós sabemos, não foi possível.

Mesmo assim, ele nunca desistiu e continuou no futebol amador onde por onde passou deixou o seu legado, veja aqui algumas conquista desse grande jogador.

Nenhuma descrição disponível.
Quarto lugar sob 17 pelo Parnamirim no Natal em 2009 e melhor jogador do campeonato.

Campeão do Jen's  pelo Luiz Gomes 2006 2007 2008 2009 em Natal.

Campeão do torneio Tanques  em 2017 pelo São Bento CE e campeão 2018 pelo Tanque e melhor jogador torneio em 2018 artilheiro.

Duas Copa Maia pelo Icozinho lá no icozinho 2014 2015 na ocasião  artilheiro no dois ano em seguida.

Campeão da Recopa Ico  2015 e artilheiro.

4} lugar da Copa primo Fernandes 2017 pelo PEC.

Primeiro lugar da Copa primo Fernandes 2009 pelo abacaxi Luis Gomes.

Campeão da Copa Sete de Setembro pelo Batistense 2017 em Bernardino Batista.

Campeão pelo 26 de julho da Copa 6 de setembro 2018 em Bernardino Batista.

5 vezes campeão Municipal Luiz Gomes e 4 artilharia 2011 e 2014   2018 e 2019.

Campeão Municipal pela Vila Egídio em Bernardino Batista 2018 e artilheiro do campeonato.

Campeão Municipal pelo 4 de Outubro duas vezes Municipal em Poço Dantas 2017 e 2018.

Vice-campeão da Copa Sousense pelo Corinthians alagoano 2013.

Campeão do campeonato do Umary/CE pelo Logradouros FC primeira e segunda divisão em 2017 e 2018.

Campeão da Copa Maria Mata realizada na Catingueira em Riacho de Santana defendendo a Portuguesa.

Campeão da copa pai Nô em 2018 realizada no sítio Caiçara em Riacho de Santana/RN defendendo a Caiçara FC.

Ainda teve passagem pelo América de Natal, Paraíba FC de Cajazeiras, pelo Sousa EC, Alto Santo FC dentre outros. 


quarta-feira, 5 de agosto de 2020

FUTEBOL AMADOR EM DESTAUQE: FLAMENGO DE PEDRO VELHO

Flamengo Futebol Clube

O Flamengo Futebol Clube foi fundado no dia 20 de dezembro de 1962 na comunidade do Sítio Nova Descoberta município de Pedro Velho-RN, pelo desportista José Soares Bezerra. O Flamengo de Nova Descoberta como o clube é conhecido no município e em toda região Agreste do estado do Rio Grande do Norte, usa escudo e uniformes parecidos com o Flamengo do Rio de Janeiro, em homenagem ao clube carioca. O clube está entre as principais equipes do futebol pedrovelhense. Suas cores oficiais são, vermelho e preto. Manda seus jogos na Arena "O Biatão". Desde sua fundação em 1962 o Flamengo conquistou alguns torneios e campeonatos, os mais importantes são, campeão do campeonato municipal de futebol de Pedro Velho em 1998. Campeão da Copa Augusto Gonzaga 2014, vice-campeão da Copa Marcos Teixeira duas vezes 2017 e 2019. Principais jogadores na história do clube, Arnaldo (Atacante), Aílton (Atacante), Armando (Atacante), Chico Paixão (Zagueiro) e Roberto (Goleiro). O atual presidente do Flamengo Futebol Clube é o senhor Antônio Ibiapino e o vice-presidente o senhor Alexandre Manoel.
Galeria de Fotos:







Antônio Ibiapino (Presidente do clube), Aílton (um dos maiores ídolos do Flamengo)

Aílton (Jogando pelo América de Natal)



Alexandre Manoel (Vice-presidente do clube)
Arena "O Biatão"


Fonte: Blog Histórias do Futebol Potiguar

QUADRO: ATLETAS DA NOSSA REGIÃO.

O atleta Dorin de Major Sales/RN, 27 anos, um dos zagueiros mais vitoriosos e respeitados do amadorismo regional. O "magrão" teve passagens pelo futebol profissional e, dentre as equipes, representou o Atlético de Cajazeiras/PB.

Na sua timeline, muitos títulos e respeito em toda região, Lúcio de Doutor Severiano/RN e Bonfim de Poço Dantas/PB representando a tradicional Associação Atlética Ribeirão de São Miguel/RN.

Por: Esporte em Alta!

quinta-feira, 30 de julho de 2020

DE VOLTA COM FORÇA TOTAL E AS HISTÓRIAS DAS EQUIPES AMADORAS DA REGIÃO!!!

Meus amigos do futebol, em virtude da pandemia como todos nós sabemos, o nosso blog ficou em pauta por algum tempo, até porque o nosso foco é tão somente o futebol amador e com a paralisação a bola deixou de rolar, então o blog ficou também sem publicar.

Mas venho aqui, informar aos amigos leitores que a partir de agora em parceria com o blog "História do Futebol Potiguar" do amigo cronista esportivo "Adeilton Alves" natural da cidade de Tabuleiro Grande/RN, e residente em São paulo a terra da garoa, nós vamos trazer as histórias de algumas equipes amadoras do nossa região.

Informamos também que estaremos em parceria com o grande amigo Matias Cavalcante da cidade de São Francisco do Oeste/RN da página "Esporte em Alta"

Adeilton Alves ( Histórias do Futebol Potiguar )
Matias Cavalcante ( Esporte em Alta )

A primeira será sobre a Caiçara FC de Riacho de Santana/RN.

Caiçara Futebol Clube

Caiçara Futebol Clube foi fundada no dia 19 de agosto de 1971 na comunidade da Caiçara município de Riacho de Santana-RN, pelo desportista Juvenal de Nô. O clube leva esse nome em homenagem a comunidade onde a equipe foi criada, os primeiros atletas do time era formado só por jogadores da própria comunidade da Caiçara, Juvenal Batista, Chico Conrado, Antônio de Doca, Neco de Doca

Raimundo de Nô, José de Godo, Coco Fernandes, Caboclo Fernandes, Clenilson, Lisboa, Sandoval, José Pire, Cícero Justino, Valdeci Pesciliano, João Batista, José Raimundo, Gilmar, João Firino, Zone, José de Cícero Bento e Chico Raimundo. A Caiçara é o time mais velho do município, ao longo de todos os anos de existência o clube já participou de inúmeros torneios e campeonatos, a nível municipal, regional e até mesmo estadual. O clube tem uma das mais fanáticas e apaixonadas torcidas da região. O primeiro título do clube foi conquistado no ano de 2008 na Copa João Bosco de Futebol Regional, contra a equipe do Sport Club Sobradinho, tradicional clube do município de Riacho de Santana. A final da competição foi realizada em duas partidas a primeira no campo do Sobradinho onde a Caiçara venceu por 1 a 0, gol de Duda Alex camisa 10 do time. Na segunda partida no dia 27 de janeiro de 2008 no Estádio Pai Nô, localizado na própria comunidade da Caiçara. Em um jogo eletrizante onde no primeiro tempo o clube terminou perdendo por 2 a 0. Com esse resultado o Sobradinho ficava com o título, pois no agregado da partida estava 2 a 1. No segundo tempo a Caiçara voltou com uma postura totalmente diferente do primeiro, e com muita garra e determinação, mudou a história da partida. O zagueiro Gigi fez o primeiro gol da Caiçara, e o jogo ficou 2 a 1 para o Sobradinho, no agregado 2 a 2. Com esse resultado o título seria decidido nos pênaltis. Depois Geovanio fez o gol de empate para a Caiçara, empatando a partida em 2 a 2, no agregado 3 a 2. Com esse placar o clube já ficaria com o título. Mas foi aí que veio o ápice da partida o zagueiro Dodô fez o terceiro gol da Caiçara, garantido a vitória pelo placar de 3 a 2, e o mais importante o título. Essa grande final teve um público de aproximadamente mais de 1000 pessoas assistindo. Outra importante final para o clube aconteceu no ano de 2018, na reinauguração do Estádio Municipal Pai Cajé na cidade de Riacho de Santana na decisão do campeonato municipal contra a equipe da Portuguesa. A Caiçara foi vice-campeão perdendo a final nos pênaltis depois de um empate em 1 a 1 no tempo normal. No ano seguinte o time chega mais uma vez a final do campeonato municipal contra o Sobradinho, dessa vez a história foi totalmente diferente do ano passado com o clube se sagrando campeão municipal de futebol em 2019, após vencer a final por 1 a 0, gol de Zaqueu. No total foram 5 finais de campeonatos municipais de futebol, sendo campeão uma vez, quatro vezes vices e três vezes terceiro colocado. Em 2019, o clube ainda faturou a Copa Pai Nô de Futebol Regional, ao vencer o São Bernardo de Luís Gomes por 2 a 1, competição essa realizada na própria comunidade da Caiçara. Campeão da Copa Mané Coco de 2019, ao derrotar a Portuguesa de Riacho de Santana por 1 a 0. Também em 2019, campeão da Copa Teresa Elias, mas uma vez em cima da Portuguesa, pelo mesmo placar de 1 a 0. Ambas as duas competições na categoria máster que reuniu jogadores do passado e atuais. O patriarca da família "Caiçara" o saudoso Nozinho Barros, carinhosamente apelidado de Pai Nô, cidadão respeitado em todo o município de Riacho de Santana, foi quem doou o terreno para a construção do campo da Caiçara Futebol Clube. Em sua homenagem foi idealizada a Copa Pai Nô de Futebol Regional. Os principais jogadores na história do clube são, Gilson, Edilson, Antônio Lisboa, Hélio, Badú, Gilvan, Giliarde, Zé Preto, Duda, Vagner e Geovanio Fernandes, dono da camisa 7 um dos maiores atacantes que a Caiçara já teve. Entrou na equipe no ano de 2007 e foi muito importante na conquista do primeiro título do clube a Copa João Bosco de Futebol Regional em 2008. De 2007 a 2020 continua sendo o maior artilheiro da equipe com mais de 300 gols. Os jogadores do clube que se destacaram no ano de 2019, foram: Douglas, Zaqueu, Ryan, Luciano, Pedro Neto, Mateus, Pepeta, Mayke, Bruno Potiguar, Pedin, Antônio Victor, Vandin, Badú, Duda, George e Jeferson Nunes. Atualmente o elenco caiçarense é formado por, Douglas, Pedro Neto, George, Zaqueu, Laércio, William, Luciano, Deivid, Badú, Ryan, Bosquinho, Geovanio, Duda, Izac, Gabriel, Jeferson Nunes, Jeferson Katlen e Rafael. Técnico, Gabriel Fernandes (Badú), auxiliares, Pedro Ricardo e Hélio. Destaque para o atleta Badú, o melhor meio-campista que o clube já teve em todos os tempos. Hoje o senhor Francisco Gabriel Fernandes (Badú) que é sobrinho do fundador do clube o senhor Juvenal de Nô, além de jogador e técnico do time, ocupa também o cargo de presidente da Caiçara Futebol Clube.

Galeria de Fotos:
















 Juvenal de Nô (Fundador do time)




 Nozinho Barros "Pai Nô"
 Badú (Presidente, jogador e técnico do time)


 Geovanio Fernandes (Maior artilheiro do time)































 Caiçara Futebol Clube (Escudo antigo)
 Estádio Municipal Pai Cajé (Riacho de Santana)

Fonte: Histórias do Futebol Potiguar!